Facebook
Twitter
Instagram
G+
Bike Channel Tv

O primeiro contato com o esporte profissional aconteceu aos 11 anos, ainda menina, apenas como torcedora. Foi durante uma Maratona de São Paulo. “Fiquei encantada. Simplesmente queria estar lá, fazer parte, ser um deles.”

Era o começo de uma relação com o esporte que ia muito além de uma simples admiração. A paixão pela bike sempre existiu na vida da Vivi. Pelas ruas de São Paulo, como meio de transporte, ou no Parque do Ibirapuera, como um simples hobby. Só que ela queria mais. A cada pedalada, a cada percurso, a vontade só aumentava.

“Queria fazer esportes de aventura”, relembra. “Eu andava no Ibirapuera e na USP, com uma bike super simples. Depois, comprei uma melhor, com freio a disco e, com ela, pude começar a participar de provas de aventura. Foi aí que deslanchou! Comecei a treinar com o pessoal da aventura e me apaixonei pelo MTB.”

Em 2009, por meio da assessoria MPR, começou a treinar, se apaixonou pela modalidade e não parou mais. Primeiro, a corrida de aventura, em 2011 e, junto com ela, um período de aprendizado e adaptação. Depois, no ano seguinte, migrou para o Mountain Bike.

Só que Vivi sempre precisou conciliar a vida de atleta com a de uma, digamos, ‘pessoa comum’. Não foi fácil. Horas e horas de treinos, distância da família e dos amigos, ausência em compromissos pessoais... Mas a dura rotina exige isso. E a recompensa veio. Em 2015, os primeiros títulos – MTB XCM o mais importante – e a profissionalização.

Agora, Vivi Favery inicia mais uma etapa em sua carreira. O ano de 2016 marca um importante passo em sua vida, com o acerto com a equipe Rose Vaujany fueled by ultraSPORTS. E muito mais do que isso: o sonho se torna realidade. Tudo graças à Mountain Bike. “O esporte é o combustível para a minha vida.”

Download Free FREE High-quality Joomla! Designs • Premium Joomla 3 Templates BIGtheme.net